terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Saudação de Ano Novo




1 de Janeiro de 2013

Aurora Tondela

Queridos Amigos!
Vencemos mais um ano. 2012 fica nas fronteiras do esquecimento e para alguns de vós, poderá deixar alguns retalhos de bonitas recordações.
O que interessa agora é receber o Novo Ano com o coração liberto e a mente preparada para enfrentar as surpresas que o quotidiano nos reserva. Na estima de vós próprios, e confiança nas vossas capacidades, encontrareis a energia e a coragem para ganhar as pequenas batalhas do dia a dia.
Aproveito a oportunidade para vos agradecer a vossa leitura, os vossos comentários, a vossa presença. Significa que não estive sozinha nem preguei no deserto. Pena que não houvesse ninguém que me contradissesse. Seria sinónimo de que o mundo se apresenta melhor do que eu o vejo.
Para o próximo percurso, continuo a contar convosco, com o vosso diálogo. Sei que alguns partiram para sempre. E esse vazio não se preenche. Cada pessoa é una em si mesma. E por isso a memória os enaltece. E os evoca.
Resta-me desejar-vos um 2013 abundante em prosperidade e sucesso nos vossos ideais. Saúde e sabedoria.
À meia-noite, ao erguer a minha taça de “champagne”, brindo ao vosso espírito
E faço votos para que o irriguem logo pela manhã. Os outros precisam de vós.
Boas Festas!